ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO

O que é?

Pode ser entendido como a perturbação psíquica decorrente e relacionada a um evento fortemente ameaçador ao próprio paciente ou sendo este apenas testemunha da tragédia. Consiste num tipo de recordação que é melhor definido como revivescência pois é muito mais forte que uma simples recordação. Na revivescência além de recordar as imagens o paciente sente como se estivesse vivendo novamente a tragédia com todo o sofrimento que ela causou originalmente. O transtorno então é a recorrência do sofrimento original de um trauma, que além do próprio sofrimento é desencadeante também de alterações neurofisiológicas e mentais.

Afeta a pessoa como um todo, trazendo perturbação, sofrimento significativo e prejuízo em muitas áreas da vida (profissional, social, relacionamento, lazer, etc...), bem como existem sintomas fisiológicos, emocionais e comportamentais, sendo todos eles interligados.

Alguns dos principais sintomas:

  • • Tremor, agitação, excitabilidade aumentada;
  • • Pesadelos ou sonhos aflitivos e recorrentes com o evento;
  • • Flashbacks (ter a sensação de estar vendo ou vivenciando a situação traumática, como se fosse uma cena de filme);
  • • Dificuldade de concentração e dificuldade para dormir;
  • • Continuar a reviver o trauma, muito tempo depois (em pensamento e em sentimento);
  • • Estar sempre na expectativa de que a situação possa ocorrer do novo ou que algo de ruim possa acontecer;
  • • Sensação de vazio;
  • • Perda de esperança e expectativa de futuro (profissional, familiar e de vida);
  • • Sentimento de impotência e incapacidade de se proteger do perigo;
  • • Estar tenso ou “no limite”; podendo muitas vezes ter surtos de raiva;
  • • Forte sentimento de culpa ou preocupação;
  • • Assustar-se facilmente;
  • • Afastar-se de lugares, eventos, atividades, pessoas ou objetos que possam trazer alguma lembrança do trauma;
  • • Perda de interesse por atividades que eram agradáveis no passado.

Tratamento

Cada pessoa em situação de Estresse Pós Traumático necessita de uma atenção cuidadosa, pois suas reações têm relação com a sua história de vida, sua capacidade de lidar com sentimentos e emoções, o impacto que a experiência teve em sua vida e a qualidade de suas experiências de vida dali para frente.

A intervenção terapêutica é um recurso necessário para que a pessoa possa reorganizar seu padrão de funcionamento e continuar seu processo de vida de modo mais saudável. É possível sentir e ver o mundo diferente, sair da situação de sofrimento constante, através realização de mudanças nos padrões de distresse organizados.

Rua Ribeiro de Lima, 282 - Cj 902 - São Paulo.

Magali Soraya de Souza © 2015 Privacy policy